• Tamanho da Letra

  • Versão para imprimir

  • Enviar para um amigo

NOTICIAS / Coleta Solidária

18.04.2017

Técnicos e líderes debatem estratégias para o avanço da cadeia produtiva da reciclagem

 
Trinta e seis pessoas – entre técnicos de referência e líderes de catadores – participaram, quarta-feira (12), no Ecomuseu, da 1ª Reunião da Rede de Comercialização do Projeto Coleta Solidária. Organizado pela Itaipu, o encontro teve como objetivo identificar caminhos para a construção de redes solidárias de cooperativas e associações de catadores na região da Bacia do Paraná 3 e, também, promover o diálogo sobre a importância do controle de dados de coleta seletiva na região.
 
Foi uma oportunidade para discutir estratégias de avanço da cadeia produtiva da reciclagem. Foi apresentada, ainda, a função de cada ator social na cadeia da reciclagem e a importância de se aplicar e validar a matriz de indicadores, o chamado Reciclômetro.
 
Segundo a pedagoga Leilane Soares de Sousa, da Divisão de Ação Ambiental (MAPA.CD), com essa matriz “os técnicos poderão preencher e controlar as informações de reciclagem do seu município, como quantidade mensal de materiais reciclados pela associação ou cooperativa, tipos e quantidade total”.
 
O Reciclômetro contará com informações educacionais sobre como está a divulgação da coleta seletiva na mídia e nas escolas, a infraestrutura de equipamentos e barracões e terá, ainda, o apoio das prefeituras no gerenciamento das associações ou cooperativas. “A partir desses dados, o município pode realizar, então, políticas públicas baseadas nas necessidades, além de poder solicitar o apoio da Itaipu”, disse Leilane.
 
O próximo encontro deve acontecer em maio, quando será dada continuidade na formação das redes solidárias com a construção de um plano de ação.