• Tamanho da Letra

  • Versão para imprimir

  • Enviar para um amigo

NOTICIAS / Institucional

25.04.2017

BP3 discute financiamento e governança para o desenvolvimento sustentável

 
Municípios da Bacia do Paraná 3 (BP3) participam nesta semana do IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS). O evento é realizado em Brasília-DF, de 24 a 28 de abril. O principal eixo de debates é em torno do financiamento e governança de cidades sustentáveis. 
 
Ao todo, são 30 representantes da BP3, a maioria gestores municipais envolvidos com o programa Cidades Sustentáveis, iniciativa da Itaipu Binacional, através da Diretoria de Coordenação, e do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu.
 
De acordo com a diretora técnica do Conselho dos Lindeiros, o EMDS aborda os principais desafios para os gestores implantarem e manterem iniciativas voltadas ao desenvolvimento sustentável de seus municípios. E também aponta medidas práticas, que em grande parte já vem sendo aplicadas em municípios e regiões, com eficiência reconhecida.
 
Para o assistente da Diretoria de Coordenação e coordenador do Programa Cidades Sustentáveis, Gilmar Secco, o evento aponta para a importância de os gestores discutirem pontos comuns e afetos a todos os municípios, bem como perceber as questões pontuais da sua comunidade, para que informações recebidas possam se converter em soluções, ideias e projetos.
 
O primeiro passo para o desenvolvimento sustentável é a vontade de fazer. Depois é preciso informação e estratégia”, pontua.
Na pauta do EMDS, estão temas como: os desafios federativos para a promoção da cidadania e da transversalidade na educação; Eficiência energética, iluminação pública e energias renováveis; Lixo – coleta e valorização de resíduos; Estratégias para otimizar as receitas municipais; Cidadania, participação social e o direito à cidade; Responsabilidades das políticas setoriais com a juventude; Combate às desigualdades sociais; Transparência na gestão, prevenção e combate à corrupção; segurança hídrica e saneamento; e Desafios da previdência municipal.