• Tamanho da Letra

  • Versão para imprimir

  • Enviar para um amigo

Resultados

A atuação do Cultivando Água Boa na educação ambiental é bastante ampla, pois permeia todas as ações do programa. Por meio de processos formais e não-formais, o programa já consolidou uma rede de aproximadamente 10.400 educadores ambientais. Essa atuação já atingiu mais de 500 mil pessoas, seja pelas sensibilizações, pelos processos de formação ou materiais educativos.

Confira os principais resultados já alcançados em cada um dos eixos de atuação do Cultivando Água Boa na Educação Ambiental:

• Formação de Educadores Ambientais: dentro da metodologia do Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNAE) do Ministério do Meio Ambiente, que forma educadores ambientais a partir da Pequisa-Ação-Participante (PAP), a estrutura do Cultivando Água Boa conta com 57 instituições parceiras compondo o Coletivo Educador no segundo nível do processo (PAP 2), que se desdobram em 274 educadores ambientais representando todos os segmentos sociais dos 29 municípios da Bacia do Paraná 3, que por sua vez desencadeiam 157 comunidades de aprendizagem, com 2.757 atores sociais envolvidos (PAP 4). 

• Rede de Educação Linha Ecológica: a atuação da rede nas comunidades da Bacia do Paraná 3 por meio de atividades diversas já promoveu encontros de capacitação para 311 professores, distribuição de 94 mil cartilhas “Mundo Orgânico” e 650 kits contendo os documentos planetários a respeito do meio ambiente (rede formal de ensino), exposição de 65 oficinas educativas “Carta da Terra”, 481 apresentações da peça teatral “Matita: uma aventura orgânica”, elaboração de planos de ação municipal para catadores de materiais recicláveis, 12 cursos de formação em agroecologia, formação continuada para 25 nutricionistas e 100 merendeiras, e implementação do Concurso de Receitas Saudáveis da Bacia do Paraná 3. Esse concurso contou com a participação de 870 merendeiras e resultou na seleção de 58 receitas publicadas em livro para serem adotadas nas escolas da região. 

• Educação ambiental corporativa: no eixo formativo, criação de uma rede interna com aproximadamente 100 educadores ambientais. 

• Educação ambiental nas estruturas educadoras: um número aproximado de 3 mil pessoas por ano forma o público das atividades realizadas em espaços como o Ecomuseu e o Refúgio Biológico Bela Vista.

• Educomunicação: produção de materiais como o Caderno de Receitas Saudáveis da Bacia do Paraná 3, as Cartas dos Pactos das Águas e a publicação do FEA “Círculos de Aprendizagem”, totalizando uma tiragem de 110.000 exemplares.