• Tamanho da Letra

  • Versão para imprimir

  • Enviar para um amigo

Biodiversidade, Nosso Patrimônio

Proteção e conservação da fauna e flora silvestres

Quando o Cultivando Água Boa foi criado, em 2003, uma série de ações que a Itaipu desenvolvia na proteção e conservação da fauna e flora silvestres pôde ser reunida em um único programa, intitulado “Biodiversidade, Nosso Patrimônio”. Isso porque as ações realizadas visam justamente a proteger e conservar a biodiversidade regional, o mais importante patrimônio a ser preservado para as gerações futuras.

Nas décadas de 1960 e 70, o avanço descontrolado da fronteira agrícola e a intensa interferência do homem na região da Bacia do Paraná 3 acarretaram a destruição de grande parte dos recursos naturais nela existentes. As diversas espécies que habitavam os ambientes nativos tiveram suas áreas cada vez mais reduzidas e isoladas, provocando a degeneração e, em alguns casos, a extinção de populações silvestres.

Desde os primeiros estudos para a criação da usina de Itaipu, já havia uma preocupação com os impactos ambientais e com as ações corretivas e preventivas que deveriam ser tomadas. Significativos investimentos foram feitos em projetos como a implantação das Áreas de Preservação Permanente (Faixa de Proteção do Reservatório), criação dos refúgios biológicos, acompanhamento da diversidade biológica, migração e estoque pesqueiro do lago, pesquisa de processos de reprodução e criação de animais silvestres ameaçados de extinção e pesquisa florestal. Atualmente gerenciadas sob o programa Biodiversidade, Nosso Patrimônio, essas ações são acompanhadas para que foquem na manutenção e melhoria da variabilidade genética da flora e fauna regionais. Realizado por meio de proteção, pesquisa, desenvolvimento e reprodução de espécies, esse trabalho é fundamental quando se trata de garantir o equilíbrio ecológico para viabilizar um futuro sustentável.

Clique no menu à esquerda para conhecer mais sobre as ações e resultados do programa.